Como calcular a margem de lucro do seu negócio

Toda empresa precisa calcular margem de lucro com exatidão. Assim, é possível saber se a produtividade está se convertendo em rentabilidade para o negócio.

Sabemos que a abertura de uma empresa envolve uma série de expectativas, dentre elas a possibilidade de ter uma renda maior. Portanto, uma das primeiras tarefas que se precisa aprender para administrar um negócio é esse cálculo.

Para muitos esse é um grande desafio, mas ter um financeiro organizado é condição básica para o desempenho de todos os outros setores de uma empresa, desde a parte de produção até a gestão.

Aprenda então algumas maneiras de calcular margem de lucro a seguir!

O que é margem de lucro?

Lucro é a diferença entre o faturamento obtido com um produto ou serviço e todos os custos por trás da execução do trabalho.

A lógica desse cálculo é bem simples. Se prestamos um serviço cujo custo é de um total de 100 reais e cobramos 250 por ele, nosso lucro é de 150, certo? Logo, a sua margem de lucro aqui é de 60%.

150 / 250 = 0,6
0,6 x 100 = 60%

Mas nem todo cálculo é tão simples assim. Esse tipo de cálculo que utilizamos diz respeito ao lucro bruto.

Existe diferença, porém, entre margem de lucro bruta e margem de lucro líquida. Pois, como se sabe, todo negócio possui uma estrutura para funcionar, bem como despesas legais. Falaremos mais sobre isso a seguir!

Margem de lucro bruta vs. Margem de lucro líquida

A grande diferença é que no caso da margem de lucro líquida, além dos custos para a execução dos serviços, entram também outras despesas que a empresa tem. São elas:

  • Impostos sobre o faturamento;
  • Tributação e encargos sobre folha de pagamento;
  • Aluguel e manutenção da sede;
  • Gastos fixo com telefone, água, luz, Internet, etc.;
  • Despesas com pessoal administrativo.
Leia também  Conheça as principais siglas de gestão industrial

Vamos imaginar que o seu faturamento no mês corresponde a R$10 mil. Mas as sua despesas somam R$6 mil, com matéria-prima, mão-de-obra, despesas operacionais e impostos. O seu lucro líquido é, então, de R$4 mil.

Esse é o lucro real que você precisa ter com exatidão para conhecer o retorno do seu trabalho. Ou seja, aquilo que vai para o seu bolso. Lembrando que esse cálculo é para o lucro líquido. Veja agora como calcular a margem líquida!

Como calcular a margem de lucro líquida?

A margem de lucro é sempre um resultado percentual. Portanto, é preciso fazer outro cálculo para compreender quanto esse valor líquido do lucro representa em relação à receita.

Para isso, é preciso dividir o resultado (R$4 mil) pela receita total (R$10 mil) e multiplicar o valor por 100. Na prática:

4.000 / 10.000 = 0,4
0,4 x 100 = 40

Logo, podemos dizer que a margem de lucro líquida do seu negócio é de 40% da receita. A cada 100 reais vendidos, você está lucrando 40 reais, com todas as despesas incluídas.

Para calcular margem de lucro com a certeza de que ela está correta, é preciso ter o valor exato de cada produto ou serviço da empresa, o que requer um nível de controle sobre a gestão de custos da empresa.

Quer conhecer outras maneiras eficientes de organizar as finanças do seu negócio? Assine nossa newsletter e receba conteúdos atualizados sobre esses assuntos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *