Conheça os principais desafios na gestão do setor metal-mecânico

O cenário político e econômico do Brasil já foi melhor e nos encontramos em uma situação de incertezas, especialmente quando o assunto é setor industrial. Com um governo que visa o controle e o corte de despesas, o setor metal mecânico vem perdendo competitividade com o mercado internacional, que possui maior investimento e, consequentemente, menor preço. Portanto, uma boa gestão no setor metal-mecânico é mais do que essencial.

Para melhorar essa gestão e também a competitividade no setor internacional, é preciso mexer em alguns pontos importantes. Ter técnicas de gestão mais específicas para cada empresa, melhora nas condições de produção, buscar maiores investimentos, dar condições para aumentar a produtividade de colaboradores, entre outros são algumas tarefas necessárias para ver os bons resultados se tornando realidade.

E, para mudar, é preciso identificar primeiro quais são as falhas e os principais desafios da gestão no setor metal-mecânico. Para ajudá-lo, listamos abaixo quais são os mais encontrados!

Comunicação entre as áreas da empresa

Uma indústria, normalmente, conta com diversos setores: almoxarifado, TI, contábil, recursos humanos, marketing e outros. Todos eles precisam de uma excelente comunicação entre si para que a indústria possa funcionar com o máximo de sua capacidade. Porém, em muitos estabelecimentos, essa comunicação deixa a desejar e não há nenhum tipo de incentivo para melhorar.

Quer um exemplo? Caso a indústria receba um pedido de montagem sob encomenda. O setor comercial, que fechou o pedido, antes, precisa entrar em contato com o setor de estoque para saber se há as peças necessárias para essa montagem. Se estiver faltando alguma peça, é preciso entrar em contato com o setor de pedidos e saber quanto tempo ela demora para chegar. O setor de montagem também precisa estar ciente e informar em quanto tempo a peça estará pronta.

Todas essas etapas precisam ser realizadas e deve haver uma boa integração entre os setores para que o cliente não saia prejudicado.

Aplicação dos conhecimentos na prática

Vamos a um exemplo para que você consiga identificar melhor se há essa falha na sua empresa. Constantemente, estão aparecendo softwares que visam ajudar as empresas a ter um melhor desempenho nos mais diversos setores. O problema é que, muitas delas, não possuem pessoal capacitado para utilizar essas inovações e assim, ter um maior avanço competitivo.

O mercado internacional, no setor metal-mecânico, tem a fama de utilizar elevada tecnologia na sua produção. Assim, eles conseguem maior produtividade e maior competitividade. É exatamente disso que precisamos e, portanto, é necessário ter mão de obra especializada para colocar os conhecimentos em prática e gerar resultados.

Acompanhar o chão de fábrica

Quem está em níveis hierárquicos mais elevados, muitas vezes se esquece de que é no chão de fábrica que as coisas acontecem de fato. É lá que, em muitos casos, percebe-se as falhas do setor de estoque que não manda a quantidade de peças no tempo hábil ou que, por exemplo, há uma falha nos Recursos Humanos na hora de contratar pessoas que estão realmente aptas para aquele trabalho.

Ter pessoas responsáveis por captar as informações do chão de fábrica e passá-las corretamente para a gerência é de fundamental importância. Esses dados ajudam no planejamento da produção, do faturamento, oferece maior tranquilidade aos clientes que estão com entregas em atraso, disponibiliza informação em tempo real, entre outros pontos importantes.

Se você quer resolver os problemas com a gestão no setor metal-mecânico da sua indústria, a melhor opção agora é pedir ajuda. Entre em contato conosco e fale com um dos nossos especialistas!

Leia também  Como aumentar o capital de giro com autofinanciamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *